Festa de Crianças - Cumpleaños: FIESTITAS INFANTILES
0
(0)

Acho que de todas as festa de crianças são as mais fáceis de organizar, embora sejam as mais difíceis de servir.
E necessário, porém, que se tome muito cuidado na confecção dos pratos.

  • Os salgadinhos devem ser menos salgados e menos temperados do que comumente.
  • Os sanduíches devem ser de presunto, queijo, creme de galinha ou de legumes.
  • Os croquetinhos devem ser leves e feitos de aipim (mandioca), batata, queijo ou galinha.
  • Os pasteizinhos poderão também ser de creme de legumes, de galinha ou de carne, com pouco tempero.
  • As empadinhas idem.
  • Biscoitinhos leves, salgados ou doces.

Docinhos de leite, simples e com nozes, e amêndoas. Docinhos de ovos e coco, e os indefectíveis brigadeiros. E gelatinas coloridas em copinhos individuais.
Os bolos também devem ser leves e só recheados com creme e doces feitos em casa e dos quais se tenha certeza de quando foram feitos.
Bolos sem chocolate, sem coco, sem amendoim. Esses cuidados são indispensáveis na organização de uma festinha para crianças novas.

Assim como a leitora não gostará que o seu filhinho volte indisposto de uma festa de aniversário, há de evitar tudo o que possa fazer mal a uma criança que vai à sua casa.
Por isso, uma mãe brilha pelo cuidado com que escolhe salgadinhos e doces inofensivos à saúde da crianca, ao seu pequenino e delicado estômago.

O paladar da criança não é degenerado como o nosso. Um croquete de camarão bem apimentado, que saboreamos gulosamente, é um mau petisco para elas.

E como em geral essas festinhas de crianças são também um pretexto para a reunião de adultos, os salgadinhos devem ter a mesma aparência e, no entanto, serão mais condimentados os que forem servidos às pessoas grandes.

As crianças devem ser servidas em primeiro lugar

Os pratos, portanto, serão substituídos por outros quando elas deixarem a mesa.
E bom, todavia, que os salgadinhos para os adultos tenham o mesmo aspecto que os que forem servidos às crianças, para que estas não queiram provar dos outros também.

Quanto às bebidas, ofereça refrescos feitos em casa ou refrigerantes. A sala onde for arrumada a mesa de doces e as demais peças por onde as crianças se espalharão depois deverão estar festivamente enfeitadas.

As bolas coloridas, depois de cheias e amarradas, constituem magnífico motivo de decoração, assim como em formatos e desenhos diferentes. Enfeite a mesa com guardanapos, pratos e chapeuzinhos de papel, para a criançada. Você compra prontos em lojas especializadas, ou faz em casa.

São muito mais simples e baratos e alegram e dão cor às festas.
Ofereça marinhas com prendas ou saquinhos plásticos com brinquedos ou enfeites de mesa, que depois serão oferecidos às crianças.
Poderão ser dados durante a festa ou à saída de cada um.

Se na sua casa há pessoas de idade ou adultos impacientes, os apitos, os reco-recos, as trombetinhas, as línguas-de-sogra etc. podem ser oferecidos às crianças na hora em que elas forem saindo… assim como as bolas que serviram de enfeite para a festinha.
Cuidado, porém, mamãezinha: providencie para que nenhuma criança fique sem a sua lembrança, para que nenhuma saia desapontada.

Nessas coisas ou deve haver para todas ou para nenhuma. Aliás, a verdadeira hospitalidade consiste em não fazer diferença no trato dispensado aos convidados.
As crianças são, geralmente, muito susceptíveis e um pequenino descuido na maneira de tratá-las pode ferir muito mais do que se pensa.

Personalizando o caso, acho que mãe nenhuma no mundo gostaria de saber que seus filhos fossem tratados com menos atenção do que outras crianças.

seu orçamento: Festa de Crianças

Se este ano seu orçamento não é dos maiores para a festinha de seu filho, tenha uma conversa franca com ele, mesmo que seja muito novinho.
Explique que o dinheiro está curto e a festa será sem cineminha, teatrinho, mágicos e palhaços.

Você pode então fazer o bolo de aniversário, uns brigadeiros, uns poucos salgadinhos, uns dois tipos de sanduíches ou cachorros-quentes.
Compre uns chapeuzinhos e uns enfeites simples que a criança ficará contente da mesma forma, considerandose importante, pois participa de medidas de economia com a família.

Se seu filho, quando já maiorzinho, preferir festejar seu aniversário num restaurante e você está de caixa baixa, poderá fazer sua vontade convidando uma ou duas crianças mais íntimas.
É melhor do que fazer a festinha e a criança se mostrar contrariada.
Procure respeitar asp referências de seus filhos. Se seu orçamento permitir, então poderá levar mais crianças para almoçar ou lanchar fora.

Almocinho em casa, num sábado ou mesmo jantar, em dias comuns, é sempre uma alegria quando nossos filhos já estão maiores.
Se o aniversário for perto de uma data especial, você poderá enfeitar a mesa também com enfeites especiais de festa de caipira, em junho, ou natalícios, em dezembro etc. (festa de caipira: es uma das festas mais tradicionais de Brasil e com muitas comidas deliciosas.)

No 1.° aniversário — anão ser que já haja crianças da família ou dos amigos esperando pela festa — você poderá fazer um bolo simples e deixar o neném apagar a vela com uma colher, com os pais, tios e avós à volta, o que já é mais do que suficiente para excitá-la, dada a sua pouca idade.

 

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Deixe um comentário